e são estas as cidades do futuro…

(PT) Notícia do Diário de Aveiro

Aveiro: Novos parques subterrâneos com capacidade para 2.200 viaturas

Um mínimo de 2.200 lugares de estacionamento será criado pela sociedade que vai ser constituída pela Câmara de Aveiro em parceria com entidades privadas

Os quatro novos parques de estacionamento previstos pela Câmara no âmbito da parceria com entidades privadas, ao abrigo do projecto de implementação da Carta Educativa concelhia, terão no total uma capacidade para um mínimo de 2.200 viaturas, apurou o Diário de Aveiro, que teve acesso aos documentos que o Executivo liderado por Élio Maia enviou para consulta aos membros da Assembleia Municipal (o tema será discutido numa sessão agendada para o próximo dia 23).

O chamado Parque A ficará localizado «em toda a extensão da Avenida Dr. Lourenço Peixinho», prevendo-se uma capacidade nunca inferior a 400 lugares ao nível do subsolo. Esta intervenção terá ainda associado o «reordenamento do tráfego ao nível da superfície» e a «criação de espaços de praça comportando eventualmente equipamentos de utilização pública».

O Parque B, destinado a um mínimo de 500 automóveis, nascerá, também no subsolo, «em toda a extensão da área correspondente ao largo do Rossio», prevendo-se igualmente a requalificação daquela praça.

A zona entre o Hospital Infante D. Pedro e a Universidade de Aveiro, junto à Avenida Artur Ravara, vai acolher o Parque C. Este equipamento, também subterrâneo, será, graças à sua capacidade «nunca inferior a 900 lugares», o maior dos quatro parques projectados pelo município aveirense, estando novamente equacionado o reordenamento viário à superfície.

O Parque D poderá albergar um mínimo de 400 veículos e será construído «no enfiamento paralelo ao Centro Cultural e de Congressos de Aveiro do outro lado da via férrea e paralelamente à rotunda da Avenida Sá Carneiro». A obra será feita no subsolo e prevê também o «arranjo urbanístico envolvente».

O objectivo da autarquia é buscar «soluções que dêem resposta aos novos desafios e às necessidades dos aveirenses», propondo a requalificação do espaço público e sua devolução aos peões, o reordenamento do trânsito e a redução do impacto do estacionamento no «contexto urbano».

A proposta avançada pelo Executivo de maioria PSD/CDS consagra que a parceria público-privada seja constituída por um prazo «não inferior a 25 anos».

Rui Cunha (Diário de Aveiro)

0 Responses to “e são estas as cidades do futuro…”



  1. Leave a Comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s





%d bloggers like this: